2 preponderante no seu aparecimento.2.1 Genética e Teoria

2 História e BiologiaO presente capítulo introduz alguns dos conceitos base da genética e da teoria da evolução que são importantes para a correta compreensão dos algoritmos genéticos. Além disso este capítulo apresenta uma breve introdução histórica dos algoritmos genéticos onde se destacam alguns dos cientistas que tiveram um papel preponderante no seu aparecimento.2.1 Genética e Teoria da evoluçãoDesde o inicio da humanidade, muitas foram as teorias propostas para explicar o surgimento e evolução dos seres humanos, estas teorias vão desde a teoria da criação ou criacionismo (que afirma que a origem do universo e da vida se deve a figuras mítico-religiosas), até à teoria da geração espontânea (que afirmava a existência de um principio ativo no ar, que seria capaz de gerar vidas) 1, 2.No entanto por volta de 1859, Charles Darwin, publicou uma obra intitulada “Origem das espécies”, onde apresenta pela primeira vez a teoria da evolução de espécies, que fora fruto de um longo processo de observação de animais nos mais variados ecossistemas. A teoria da evolução afirma que na natureza todos os indivíduos dentro de um ecossistema, competem entre si de modo a aceder a um conjunto limitado de recursos tais como comida e água. O conjunto de indivíduos que consegue aceder a tais recursos, terá uma maior chance de ver os seus genes propagados pelas gerações futuras. Em consequência disto, as gerações futuras, terão obviamente algumas das características dos indivíduos que lhes deram origem, isto a longo prazo fará com que exista uma maior prevalência de indivíduos com boas características, ou seja, indivíduos mais bem-adaptados ao ambiente em que se encontram 3, 4.Todo o ser vivo é formado por uma ou mais células. No interior de uma célula existem um conjunto de cromossomas, que são responsáveis por descrever o organismo. Os cromossomas são habitualmente agrupados em pares e, o número de pares varia de espécie para espécie. Quando dois indivíduos se reproduzem através de reprodução sexuada, cada um dos progenitores fornece parte do seu material genético ao novo ser criado. O material genético do novo ser, é criado através de um processo de recombinação também conhecido como crossing-over ou crossover (cf. Figura 2.1) 3, 4.